Maratona de Tomar

Mais um fim de semana em que o São Pedro nos deu uma folga para que pudéssemos desfrutar da maratona do nosso concelho vizinho um pouco mais secos.
Mesmo assim havia muita lama e o terreno estava muito pesado.
Assim sendo decidimos ir todos para a meia maratona.
O percurso estava muito engraçado apesar de mal marcado.
Arranquei na frente com o Xosse mas rapidamente o perdi no meio da confusão quando nos enganamos logo nos primeiros kms.
Segui então com o Duarte e Farinha até ao primeiro abastecimento. Entretanto também os perdi no meio da confusão em que estive parado 10 minutos com um grupo de cerca 30 bttetistas ate que o rapaz da mota tentava encontrar o caminho. Ainda deu para dar um dedo de conversa com o Bruno que vinha pouco atrás de nós.
A partir dai apanhei uma boleia de um pessoal dos 80 ate à divisão de onde segui sozinho até ao fim. Cheguei ao fim em 6º onde já estavam o Farinha e o Duarte com 3º e 4º lugar e o Xossé com uma fantástica vitoria.
Entretanto chega também o Bruno e mais tarde o resto do pessoal, Pinheiro, Manel da vinha e Francisco.
O nosso amigo Eugénio ainda a recuperar de uma lesão apareceu para tirar umas fotos da maratona e para nos fazer companhia no almoço.

Foi então uma boa volta com potencial para melhorar em alguns pontos.
(Hora de partida e marcações)
De resto foi uma manha bem passada e bem divertida.

Boas pedaladas.


Fotos aqui.

II Trilhos do Monte (Cimeiro)

Eu e o Tiago resolvemos fazer o II Trilhos do Monte, afim de pedalarmos mais um pouco e melhorarmos a nossa condição física.
Algo receosos com o tempo, não choveu (só umas pingas lá para o final), o que nos facilitou o tão difícil passeio.
Partíamos com vontade de fazer um resultado agradável e penso que isso foi conseguido. A competitividade era grande, pois esta zona tem nas suas proximidades muitos e bons betetistas! Mas também não era isso que interessava. Interessava sim, que desfrutássemos do passeio e que chegássemos ao fim em bom estado!
Eu continuei o meu treino em alto cansaço (tinha dormido 3h30 na noite de Sexta e 1h30 na de Sábado, e sempre algo contente), não estava muito bem disposto no ínicio.
O Tiago estava bem, ao menos ele para ficar na frente!
Lá partimos, demos conta logo no início que o terreno estava pesado, que seria algo técnico, com muita descida e muita subida. Foram aproximadamente 47 kms de grande dificuldade, com muitos e bonitos single-tracks, o que exigia alguma destreza técnica.
Arrancámos entre os 30 primeiros, por forma a evitarmos o amontoado de gente nos primeiros kms.
Eu tive que gerir o ritmo cardíaco ao longo do passeio, pois nem sempre era fácil mantê-lo calmo!! Eh, eh!
Tivemos inclusivamente que fazer alguns bocados a pé, pois as subidas eram muito difíceis e o terreno estava escorregadio.
Tivemos uma surpresa engraçada, que foi vermos o nome da nossa equipa, FZZ Bike, colocado numa descida. Descida "FZZ Bike". A organização colocou placas com nomes de atletas e equipas nas descidas e subidas, o que para nós foi bonito de se ver.
A nossa descida era difícil, com alguma pedra. O nosso objectivo foi mesmo não cair nela!
Chegámos em 9º e 20º com os tempos de 3h11m55 e 3h39h51.
Tomei banho de água quente, a uns 2 kms do sítio de onde arrancámos, num campo de futebol e o Tiago, como chegou primeiro tomou ainda de água fria! Eh, eh!
Lavámos as biclas com uma máquina de pressão, o que ajudou e muito a tirar a lama que tínhamos.
Almoçámos bem e viemos para casa, não sem antes pararmos nas estrelinhas e bebermos um cappuccino com o nosso quase recuperado atelta Eugénio! O nosso muito obrigado pela companhia!
Foi difícil o caminho, pois o sono era muito e estava a ver que adormecia!
Venha a próxima maratona, a de Tomar, que será mais fácil, pelo menos os 40 kms!

III Passeio BTT - Almourol á vista

Hoje, Dia 21 de Fevereiro, 7:30 da matina, lá arrancam os FzzBikers em direcção à Barquinha. Meia horita atrasados por causa dos atrasados do costume. eheh

Às 9:00 estávamos de partida para uma volta pelas terras de Almourol.
O São Pedro estava a ajudar mas a volta não começou da melhor maneira. Liderávamos o pelotão com quatro membros no top 10, Começando pelo Eugénio em quarto. Mas parece que o quatro foi mesmo o numero do azar para o Eugénio.
Ao quatro km e em quarto lugar manda um valente tralho que lhe valeu 4 pontos no joelho (Pelo que consta dados por uma medica jeitosa).
Sendo os pontos atribuídos numa escala de 0 a 20 o tralho não foi grande coisa.

Paramos para assistir eu(Tiago), Xosse e Duarte. Esperamos 1:40h que chegasse ajuda. Ainda bem que o caso não era mais grave...


Encaminhado o Eugénio para o hospital seguimos então os três a comer da muita lama que havia nos primeiros kms. Lama esta que foi desaparecendo ao atravessar as ribeiras com tal velocidade que a água passava por cima da cabeça.
Decidimos fazer apenas os 35kms pois já tínhamos perdido algum tempo.
Completamos o percurso em 1:50h. Descontado o atraso chegaríamos na frente.
Fizemos os primeiros 20kms sem ver ninguém pois já levamos um grande atraso. A partir dos 20 até ao fim foi sempre a passar o pessoal que vinha mais para trás.

Seguiram para os 60 o Bruno e o Pinheiro, apesar de o Pinheiro o ter feito por engano. Qual não seria o andamento dele para se enganar visto que virou e devia ter ir em frente. eheh
O Bruno chegou pouco antes do pessoal dos 35 fazendo um bom tempo.

Seguimos então para os merecidos banhos para remover aquele bronze esquisito que tínhamos. A água estava quentinha e soube mesmo bem.

Com os banhos tomados e com o Eugénio regressado do hospital fomos ver da paparoca. Custou um bocado a longa espera pelo almoço visto que as binas nos abriram bem o apetite.

Terminou assim mais uma volta do Fzz-Bike.

Desejo as rápidas melhoras ao Eugénio para que nos possa acompanhar novamente em breve.

Fotos aqui